Pular para o conteúdo

maio 28, 2011

A exaustão de dias iguais em que não se controla a própria vida. O nó conciso do capitalismo que ata as expectativas futuras e oferece sua conveniente liberdade apoiada sobre decepções e promessas enganosas de salvação. Palavras contra uma sociedade dividida entre a hipocrisia de sua moral e a inércia de seu conformismo, todos apegados ao padrão egoísta de sucesso, e a seus valores incoerentes, que tornam ações uma banalidade, e a vida uma mera obrigação de resistir ao tempo e suas frustrações.

O anarquismo é a única forma de pensamento político que não visa o controle do indivíduo através da força. É a rejeição do controle do Estado que representa uma demanda do indivíduo a viver uma vida de escolha pessoal, não uma manipulação política … recusar-se a ser controlado está tendo a sua vida em suas próprias mãos, que (ao contrário da idéia popular de anarquia como caos) significa o início de uma ordem baseada na responsabilidade pessoal … o estado de anarquia não é um hospício caótico onde todos estão sozinhos por conta própria.

Crass.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: